Skip navigation

Lições de Steve Jobs e Iphone

Esta semana saiu o resultado do quarto trimestre da Apple. Foi muito melhor do que o esperado. Venderam um pouco menos de $7 milhões de Iphones 3G. Apesar de ter uma participação em volume ainda muito baixa, a Apple chegou ao terceiro lugar em faturamento num mercado extremamente competitivo. Sensacional.

Mas não foi o sucesso do Iphone que me impressionou (pra mim, sucesso se mede a longo prazo… vamos ver)

Duas coisas me impressionaram.

A primeira foi a lucratividade por aparelho. Ela é pelo menos 2x a dos principais concorrentes. Isso se dá porque a Apple focou em apenas um aparelho (2 versões) vs a grande oferta de aparelhos dos concorrentes. Foco. 99% dos marketeiros de plantão briga por mais variedade de produto. Diz que no “mundo moderno” você precisa customizar ao máximo para ter sucesso, blá blá blá. Enquanto isso, Steve Jobs empregou um conceito básico, simples, a muito conhecidos da “velha economia” e que simplesmente funciona. Foco. Com menos SKUs, a Apple conseguiu menores custos de produção, melhor logística e conseqüentemente maior lucro.

Bom aí entra a segunda coisa que me impressionou. A clareza da explicação.

“O tradicional jogo do mercado de celulares é produzir um aparelho de voz em 100 variedades diferentes”, disse Jobs. Em resposta a como competir apenas com uma versão ele disse “De tudo que escutei, Babe Ruth [lendário jogador de beisebol, com records de home runs, a jogada mais importante e difícil do jogo] tinha apenas um home run. Ele simplesmente fica repetindo um dia após o outro”.

Sensacional. Lição: gaste todo o tempo do mundo criando seu conceito vencedor. Depois o execute dia após dia.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: