Skip navigation

Minha filha de 10 meses sabe mais de branding que você?

Minha filha de 10 meses sabe mais de branding que qualquer marketeiro que conheço! Bom, pelo menos sabe mais do que eu.

Ela sabe que papinhas Nestlé são infinitamente melhores do que a papinha cor-de-burro-quando-foge que a babá faz com todo carinho (independentemente do que tenha dentro da embalagem, inclusive a papinha cor-de-burro-quando-foge)…

Ela sabe que num mundo sobrecarregado de comunicação não basta gritar alto (todo mundo faz) ela precisa se diferenciar. Ela criou uma expressão de susto que simplesmente é única e já virou equity em diversos lugares (no prédio que moramos, nos restaurantes que vamos e até nas ruas de NY onde fomos de férias). As pessoas simplesmente chegam perto de mim e fazem aquela cara… eu já sei o que é.

Ela sabe que um nome de marca difícil e sem sentido não tem futuro para boca-a-boca. Ela fala “au au” mas se recusa a falar “cachorro”, “dobermann”, etc.

Ela também sabe que para ter sucesso, uma marca precisa de foco. Hipoglós é brinquedo de banheira. Cetrilan é creme de assaduras. Vai tentar inverter a ordem… uh é problema na certa. O consumidor não gosta de ficar confuso. E o fabricante só consegue influenciar o consumidor até determinado ponto. A partir daí, a experiência de marca é dele.

Uma marca, um significado. Se tentar passar Hipoglós nas assaduras, ela não usará nem como creme nem como brinquedo. Mundo cruel esse do branding.

Olha… tenho aprendido muito com minha filha. Mas acho que rapidamente a hora de consultoria dela vai valer mais do que a minha.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: