Skip navigation

Lições de Estratégia com Batman

No filme Batman, o (excepcional) Coringa Heath Ledger diz algo como “eu nunca mataria o Batman. Sem ele, eu sou apenas um bandido comum que rouba a mafia… com ele eu sou muito mais, eu sou o caos (já que o Batman é a ordem)”

E o que isso tem a ver com estratégia e branding? Tudo! Vamos aos principios estratégicos sobre concorrência:

1) se você é líder deve dar boas vindas a concorrência pois: opções estimulam demanda, aumentam vendas da categoria (aumentando o nível de ruido, disputa), ajudam a criar referência (ninguém gosta de comprar algo se não com o que comparar).

2) se você não é líder deve achar um posicionamento único que se opõe ao posicionamento do líder.

No caso, Coriga era um “late entrant” com Batman representando o certo (e acima disso a ordem) e uma penca de bandidos representando o errado (em oposição ao certo). Coringa escolheu um posicionamento único… caos (em oposição a ordem) e rapidamente ascendeu a principal vilão de Gotham City. Além disso, ele sabia que nunca poderia se livrar do Batman. Pois só com a concorrência deste nível o conceito dele ainda seria relevante.

Coringa mostrou fortes fundamentos de estratégia.

Claro que é uma grande brincadeira, mas mostra claramente que as lições de branding e estratégia estão em todo lado.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: